quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

FÁCIL


Bom pra você
Demais pra mim
As vezes estranho
Tão simples assim...

Douglas Campigotto