terça-feira, 3 de maio de 2011

É TANTA GENTE DE TODO JEITO...


tem gente que some sem ter porque

quem nao responde com medo de acertar
quem se esconde para se achar
gente que diz sim com medo do fim
gente do contra
aquele que diz não por diversão
alguns fogem outros fingem
quem reclama da falta de azar
uns torcem outros tingem
os corajosos amam
tem quem atiça e quem sabre brigar
quem faz regime
quem sobe no ringue
quem come pra engordar
alguns sem comida
outros comidos
carcumidos
vencidos pela vontade de vencer
vivendo o pesadelo
sonhado com tanto zelo.


Douglas Campigotto

3 comentários:

Amandita A. disse...

Acho q é meu preferido!! >.<

valquiria calado disse...

Interessante, ainda bem que tem gentes diferentes.


Conta as estrelas se puderes.
Sei, de sobra, que não poderei...
Mesmo assim
me delicio
em recomeçar
mil vezes
a contagem impossível
que leva à conclusão de sempre:

"Impossível ser mesquinho
quando se tem, diante dos olhos
cada noite,
milhões de mundos
cantando
a largueza e a generosidade
do Criador e Pai!"
D.H. c.


abraço.

Guidy disse...

Boa noite Douglas....seu chá de fita ajudou eu a acordar...adorei, beijos