sexta-feira, 26 de setembro de 2008

RELACIONAMENTO


Vínculos são complicados, difíceis, trabalhosos por algum tempo prazeirosos.
Sempre me relacionei muito bem com o outro, de modo geral, minhas namoradas, amigos, família, trabalho, mas hoje decobri que não sou esse bom moço bem relacionado que sempre pensei ser, pelo menos não quando se trata dos filhos de uma puta de qualquer que seja a porra do caralho do inferno das operadoras de telefonia, internet ou tv a cabo.
ok ok to calmo, contando até 10...
Mas como sou ousado, mergulhei fundo, resolvi me envolver e apostar na relação acabei me comprometendo, com o maldito super-hiper-ultra-mega-power combo, que vem com tudo misturado, quase um casamento.
E tudo funciona maravilhosamente bem, desde o momento da assinatura do contrato que te prende por mais de um ano, até o dia que você precisa de suporte, dae meu amigo, você vai me entender, as conversas vão se tornando cada vez mais ásperas, a relação já não é mais a mesma, são os sintomas do casamento, vocês terão horários diferentes e quando você quiser conectar ela vai estar off-line, você vai descobrir da forma mais amarga do mesmo jeito que eu descobri que você é apenas mais um, feito de prostituta por estas empresas, e quando você pensa em bater de frente te dou um conselho, vira de costas e trata de abrir bem as pernas e relaxar porque não sei se você lembra, mas vocês ainda terão uns 18 meses para se entender, caso não tenha estrutura para esta relação, é hora de arranjar outra, mas lembre-se, a "pessoa" traída nunca se esquece, então pode esperar pelo pior, pois ela vai dizer que você deve dinheiro a ela, que você não tem o direito de abandoná-la, ela vai fazer de tudo pra te prejudicar, virá buscar pertences na sua casa, levará tudo que for possível, cabos, conectores, modem e a sua dignidade se é que você ainda a possui.
É meus amigos, ninguém disse que a vida é perfeita e se disse, é porque esse alguém nunca fez um contrato com uma dessas empresas...
Bando de f...
Calma, calma, já passou.
To bem.

Douglas Rosa

7 comentários:

paloma disse...

kkkkkkk!!! Viu só o que é experimentar uma das sensações da TPM?! kkkkkkkk!!!

Dea Carvalho disse...

Daí eu como sou bem metida chego aqui e pergunto: 'Quem inventou isso de ficar calmo?'
Ah, Sidarta, Mahatma, Teresa de Calcutá... felizes foram eles que nunca precisaram passar por isto!

Zek disse...

kkkkkkkk, ainda bem que nao assinei o combor, mas como nimguem nunca sai ileso... tenho que acertar a TV a cabo, pq para me F.... cortaram meus principais canais

Beatriz disse...

Coloquei a leitura em dia, reli alguns poemas, e fiquei admirando tua versatilidade no escrever. Desde os poemas que nos prendem o respirar em versos profundos, sentidos até os textos superBemHumorados, que nos trazem momentos de um gostoso rir com teus desabafos, como este de agora e o anterior, perfeita escrita na tua forma de falar de sentimentos/emoções/relacões.

Muito bom te ler!

Te deixo um beijo no coração.

paula barros disse...

Rapaz, não é que passei por isso a semana passada, com a internet.
Sai de casa destilando veneno para cancelar. A minha sorte foi que fui de ônibus, e um tiquinho do veneno foi ficando pelo caminho, cheguei lá e na tentativa de me controlar pedi um copo de água, bebi três, de gole em gole e tentando respirar, puxando o ar não sei de onde, e tremendo, e dizia para o rapaz, se não querem que eu engula alguém me der mais água...E só repetia quero falar com dono. Vinha homem de todo tipo, apertava minha mão, e eu dizia "você é o dono?". Não vim falar com Lula vim falar com o dono desse negócio....Resultado o dono apareceu, descobriu que estão trabalhando errado, me deu um mês grátis e me convenceu a não cancelar...vamos esperar...
E o pior é que eu pensava e o povo do blog pensa que eu sou calma, normal...respirava, bebia água, com medo de matar um rsrs

Chá de Fita disse...

é gente, ninguém disse que seria fácil
hehhehe...

Vâmvú disse...

Muito bom, Douglas, muito bom mesmo... rsrs
Abção